Foto de uma moto grande para ilustrar o texto

Posso começar com uma moto grande?

Um assunto que toma a cabeça de muitos motociclistas iniciantes, que é: “Posso começar com uma moto grande“?

Existem muitos conselhos para quem inicia nas duas rodas, alguns dizem para você começar com uma moto pequena porque é mais fácil, porque é mais simples.

Veja este conteúdo em vídeo em nosso canal do YouTube

A realização de um sonho

Antes de tirar a habilitação com certeza você deve ter sonhado em começar com uma moto grande, afinal todo mundo sonha em realizar seus sonhos.

Se avaliarmos pelo ponto de vista de “posso adiquirir”, é tentador querer começar com aquela 600, 800 ou 1000cc que você sempre quis ter.

Cuidado para o sonho não virar pesadelo

Não querendo ser o cara que vai jogar a água na coca cola, mas ao comprar a primeira moto podemos cair em alguns erros que são bem comuns pela falta de experiência.

Como relato próprio posso dizer que caí num desses erros, não era uma moto grande, mas era uma moto antiga, comecei por uma XLX 350r.

Escolhi a moto porque era do estilo que eu gostava (trail), tinha um motor potente, poderia viajar e curtir as estradas com ela sem me preocupar com potência.

Porém ao comprar a moto me deparei com a realidade de ter uma moto antiga de cilindrada média e suas dificuldades, podemos dizer que foi um “ralo de dinheiro”.

Logicamente a experiência não é a mesma para todos e nem precisa ser, porém antes de começar com uma moto grande você precisa se atentar a alguns fatores.

O que verificar antes de comprar uma moto grande?

  • Verifique se a documentação está em ordem (Ideal consultar em um despachante)
  • Cuidado caso o veículo esteja com dupla transferência (Vendedor não transferiu do proprietário anterior)
  • Verifique o estado da moto em um mecânico de confiança seu ou de algum amigo que já possua moto
  • Separe o dinheiro para IPVA, DPVAT (Caso no ano de aquisição seja cobrado).
imagem ilustrando uma revisão para comprar uma moto grande
Fazer uma boa revisão e verificar antes de comprar é muito importante.

Você precisará de um seguro

Muita gente te dirá que isso é besteira, mas ao comprar uma moto grande recomendo que você tenha um seguro, tanto contra roubo e furto, e se possível contra terceiros.

Se você está começando com uma moto grande, e nunca teve experiência com outras motos, o seguro pode te ajudar não apenas para roubo e furto, ou em acidentes.

Normalmente seguradoras oferecem serviços extras como, por exemplo: guincho, chaveiro, entre outros benefícios dependendo da seguradora e isso pode ser útil.

Se você vai começar com uma moto grande pense nas manutenções

Comprar uma Moto Grande, ilustração de uma manutenção
Se atentar a manutenção é importante para que seu sonho de uma moto grande não virar um pesadelo.

Se você está pensando em uma moto grande zero km, verifique os preços das revisões, isto é muito importante, acredite manter a garantia junto do fabricante pode diminuir suas dores de cabeça.

Caso você for adquirir um modelo usado pesquise os custos das manutenções básicas, por exemplo: relação, corrente (ou correia dependendo do modelo), custo da troca de óleo com filtro e qual o indicado e sem esquecer dos pneus, pelo menos.

Os custos de manutenção devem sempre ser colocados na ponta do lápis, modelos acima das 250cc não costumam perdoar uso soviético e falta de manutenção.

Cuidado principalmente com as gambiarras e adaptações por economia, podem custar mais caro na curva da frente, por isso se atente com isso.

Principalmente se tratando da primeira moto é aquela que você cometerá alguns erros, poderá causar alguns danos, e isso deve sempre ser posto no papel.

Minha opinião sobre começar com uma moto grande

Quando as pessoas sugerem começar por uma moto menor, você não precisa começar de uma 125cc, você pode começar, por exemplo de uma 250 até 400cc.

Não querendo ser o apocalíptico, mas qualquer erro em uma moto grande seja em uma aceleração ou uma frenagem tem mais chances de causar acidentes que em modelos menores.

Por isso se você não possui experiência com motos recomendaria você ficar realmente nos modelos de 250 a 400cc, é uma faixa boa de cilindrada que te permitirá viajar, curtir.

Além disso, no mercado existem modelos destas cilindradas médias que fornecem uma boa experiência principalmente nos segmentos speed e trail, além do mercado de custom que parece que está acordando para novos modelos.

Gostou deste conteúdo? O que você acha sobre o assunto? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.